1.17.2018

SINOPSE: Ele está de volta! Depois de Mausoléu e Treze, o Anfitrião retorna do túmulo para horrorizar os leitores com suas histórias macabras, de medo e de sangue. Espíritos vingativos, mortos-vivos, criaturas infernais, divindades antigas e constructos enlouquecem os protagonistas privando-os da sanidade e da própria vida. Um grupo de idosos se reúne no Vaticano para relembrar uma vivência sobrenatural, um necromante invoca das profundezas um grande trunfo, um guerreiro hoplita desbrava terras estranhas para encontrar uma erva rara, um caçador de recompensas no Velho Oeste americano enfrenta o seu maior inimigo, um misterioso colecionador de relíquias invade uma narrativa literária, um detetive descobre que sua mente e seu corpo estão sofrendo alterações irreparáveis, um estudante da Universidade de Miskatonic visita o Brasil em busca das “Sonhadoras”, um filme fantasmagórico revela um final fantástico, um alquimista cria uma monstruosidade mecânica, um homem é atormentado pela sua fera interior e assaltantes lidam com terríveis pesadelos em uma estrada que conduz para o inferno. Abra as páginas deste novo tomo de Duda Falcão e venha fazer você também parte do Comboio de Espectros.
Comboio de Espectros é o terceiro livro de contos do Autor Duda Falcão que leio, e posso dizer que só melhora! Temos de volta o Anfitrião, que é um personagem criado pelo autor para ser o nosso 'Anfitrião' nos livros.

O livro de quase 200 páginas tem onze contos, e as suas  ilustrações foram feitas por Fred Macedo, foi publicado em 2017 em uma parceria entre a Editora Argonautas e a Avec Editora.

Eu acho bem difícil falar sobre livro de contos como um todo, pois são vários enredos diferentes, cada um mais envolvente que o outro.

O conto que dá titulo ao livro, Comboio de Espectros, é dividido em 3 partes e 15 micro-capítulos e um pouco mais de 70 páginas e impressiona pela simplicidade. Eu gostei muito do desenvolvimento deste conto especifico, capa pequena parte complementando o todo, e deixando para trás algumas perguntas que deixam margem para a imaginação.

"Sentiu dedos tentando furar seus olhos, entrar pelos ouvidos e na boca. Mordeu alguma coisa... Cuspiu fora. Empurrou os braços invisíveis com força tal que caiu no chão de costas quando conseguiu se libertar. Mas não era possível, parecia que muitas mãos o tocavam..."
Quer um livro para passar um fim de semana, ou para se distrair um pouco? Este é o livro perfeito para isso! 
MINHA NOTA


FICHA TÉCNICA 

Autor: Duda Falcão
N° de Páginas: 200
Editora: Avec - Argonautas
Onde ComprarAmazon

1.14.2018

SINOPSE: Logo no início coisas muito terríveis acontecem com Ella (a gatinha de estimação de Ivy). O assassino de Tristan começa perseguir Ivy, que só assim volta a acreditar em anjos e passa a colaborar com ele para que possa salvar sua vida e ao mesmo tempo proteger também seu irmão. Em meio à vários acontecimentos ruins, Tristan se depara com um problema: se salvar Ivy isso significa que sua missão na terra está terminado?

Oi gente, meu nome é Yasmin e essa é minha primeira resenha, então vamos logo ao que interessa que é... Comida.

Brincadeirinha hehehe, vamos falar sobre o Beijada por um Anjo. Antes que vocês se perguntem por que eu estou falando do terceiro livro e não do primeiro. Estou falando dele porque estava pensando e descobri uma coisa que provavelmente muita gente já havia entendido mas pode ser que haja pessoas que nem eu que não se deram de conta ainda.

Tenho 5 pontos de que quero falar aqui:

Primeiro: O fato de Lacey gostar de Tristan e ele não perceber.
Eu espero que não tenha sido só eu que fiquei com pena dela, porque gente pelo amor de Deus, ela ajudou a Ivy mesmo sabendo o que o Tristan sentia pela mesma.
Quando ela curou os pés da Ivy e da Ella a garota percebeu o que Lacey sentia por Tristan, mas eu fiquei realmente indignada de Tristan não perceber isso.

Segundo: O fato de Suzanne ser tão mala-sem-alça.
Pode ter muita gente que discorde de mim, mas se façam essa pergunta a qual vou adicionar a minha resposta; Quem Suzanne conhecia a mais tempo? Gregori ou Ivy? Pelo que eu entendi a resposta seria Ivy.
Considerando o quanto Suzanne sabia de Ivy, ela deveria saber que: Ivy nunca daria uma overdose de pílulas para alguém por causa de um garoto. Ainda mais se esse alguém fosse sua melhor amiga. Ivy nunca daria em cima do garoto que sua melhor amiga gostava como ela achava graças ao que aconteceu na sua festa. E é por isso que achei que deveria mencionar esse ponto.

Terceiro: O fato de todo mundo achar que ela era louca menos Will.
Devo admitir que esse foi um dos motivos para eu não ter lido os livros 4, 5 e 6 da série, afinal eu não li mas minha mãe leu e me disse que como eu tinha gostado da Ivy ficar com o Will afinal o Tristan volta a vida e tudo (Sim ela me deu Spoiler kkkk).
 O Will não ter achado que era louca e na verdade acreditar nela foi o que mas fez com que eu gostasse dele e quisesse que ele ficasse com ela. O que me deixou triste foi que a Beth e a mãe da Ivy acharam que ela estava louca, o que realmente me deixou triste. Tipo gente, nunca que a Ivy mataria a Ella como a mãe dela achou.

Quarto: A morte da Ella.
Já que eu toquei nesse assunto ali atrás e tudo me lembrei de mencioná-lo. Gente. Isso não precisava. Cara eu já choro quando a Merida do filme da Disney Valente acha que a mãe dela nunca vai deixar de ser urso. Aí vocês dizem. Ahh, mas eu também chorei na primeira vez que vi o filme não tinha como saber que a Mérida consegue salvar a mãe. Não gente, se vocês pensaram isso eu digo: Vocês não entenderam. Da primeira vez que eu vi eu chorei, muito, mas na segunda eu continuei chorando. Enfim, sou muito emotiva. A Ella é o Fred da série, aquele que não precisava morrer mas a autora achou que daria um Tchan na história.

Quinto: A Ivy tentando negar para todos e também para ela que gostava do Will.
Gente isso é a coisa que eu mais gostei, apesar de isso mostrar a insegurança dela, mostra também alguns dos maiores medos, nesse caso, o de se apaixonar e perder a pessoa que ela ama de novo e, pra piorar, trair a única pessoa que, apesar de morta, a amou por quem ela era. Então eu achei muito lindo o voto de confiança que ela deu para o Will no final do livro de abrir o coração para ele.
Enfim gente, era isso, mas o fato que eu descobri tem haver com o nome do livro, que é Beijada por um Anjo – Almas Gêmeas. Começando pelo beijada por um anjo. Na real eu não ia falar sobre essa parte, mas agora me lembrei de um trecho do livro, quando o Tristan se despede da Ivy dizendo que já tinha completado a missão dela (Se eu não me engano é isso) e ele consegue materializar os lábios e beijá-la, então ela foi realmente Beijada por um Anjo.

 Quanto a parte Almas Gêmeas, sempre me vinha a mente Ivy e Tristan, afinal eles eram almas gêmeas. Mas agora, pouco antes de eu resolver escrever essa resenha, pensei um pouco e notei que talvez o titulo Almas Gêmeas não estivesse se referindo aos dois, e sim a Will e Ivy, para quem não leu os outros três que procedem a trilogia, nesse caso acolher essa teoria ou não está por sua conta e risco.

 Bom eu fico por aqui e começo a ler outro livro para começar a tentar a fazer mais uma resenha, Tchau e obrigado.

FICHA TÉCNICA 

Autor: Elizabeth Chandler
N° de Páginas: 262
Editora: Novo Conceito
Onde ComprarAmazon

1.11.2018

E tem mais novidade na Faro para fevereiro! Tudo que acontece aqui dentro, chega as livrarias em 22/02 e promete ser aquele livro muito amorzinho!

Sinopse: Amar e afogar-se com os próprios sentimentos e continuar respirando Tudo o que acontece aqui dentro é uma seleção de crônicas sobre o amor em seus diversos estágios, sobre aprender com as experiências da vida... trata-se de um tipo de testamento das coisas do coração. É também um romance narrado pelas memórias de quem as viveu, por cartas que deveriam ter sido rasgadas, registros dos sentimentos pessoais de quem revelou bem mais de si que a maioria de todos nós. Uma das coisas mais bonitas é a maneira com que vamos enfeitando a alma enquanto esperamos alguém chegar "São cartas que escrevi enquanto ainda sentia a ferida arder.
Os momentos felizes e os dias em que pensei que não iria aguentar". Júlio tem um dom. Ele consegue exprimir sobre sentimentos com muita beleza e, ao compartilhar em escritos, permite que nós também possamos nomear o que muitas vezes sentimos e ficamos de algum modo aflitos, por não compreender. É o momento em que o nosso coração encontra a paz. Ele transforma o grito preso nas gargantas em literatura. São linhas que costuram o aprendizado sobre amor com o olhar de uma geração.

Amei esse livro! Gente vai ser maravilhoso!


A Nova série Sci-fi baseada no livro Steampunk de Richard Morgan ganhou um trailer eletrizante, sua estreia será em 2 de fevereiro no serviço de streaming Netflix.

"No futuro, as mentes humanas são digitalizadas e transferidas de corpo em corpo. Na noite passada, o homem mais rico do mundo, Laurens Bancroft (James Purefoy), foi assassinado. Para investigar sua própria morte, ele trouxe de volta o ex-soldado da Envoy Takeshi Kovacs (Joel Kinnaman / Will Yun Lee), oferecendo ao oficial a chance de retornar à vida em troca de sua ajuda."

Você pode conhecer um pouco mais do livro que inspirou a série AQUI.

Eu gostei muito do livro e acredito que a série vai ser maravilhosa! E você o que achou?
Eu ouvi um amém senhor? Sim eu ouvi!! Nada melhor que começar 2018 com essa super pré venda! A Era dos Mortos é o quinto volume da série Crônicas dos Mortos e chega esse ano arrasando pela Faro Editorial, e nós estamos sedentos por este livro!

O Lançamento está previsto para 22 de fevereiro, e o livro já esta em pré venda! 

Bora conferir as informações?

SINOPSE: E os humanos descobrem que a pior desgraça não são os zumbis... Vários anos se passaram desde que Uriel, agindo como um tirano assumiu o controle da maior colônia de sobreviventes do apocalipse zumbi na Terra. Ivan, Estela e quase todos os seus aliados estão mortos. Do grupo original, apenas Isabel, Mariana e alguns poucos conseguiram escapar de Ilhabela. E a cada dia, a fome de poder de Uriel e de seu filho, Otávio, aumenta, tornando a vida dos sobreviventes ainda mais penosa. O trabalho escravo se torna a regra A, cobrança de mais e mais tributos e a imprevisibilidade do poder central mantêm todos em constante alerta. Otávio, que passou anos realizando pesquisas médicas, finalmente consegue um meio de controlar os bersekers, os zumbis monstruosos, transformando-os em cães de caça. É a sua forma de assegurar a permanência no comando da comunidade, mas também de destruir, pelo medo, qualquer intenção de resistência. Então, ele produz algo ainda pior, uma criatura feroz e diabólica com o poder de destruição em massa. Há muito em jogo. O governo central ainda considera Isabel uma grande ameaça, seja viva, ou morta-viva, o que poderia transformá-la numa nova Senhora dos Mortos. Mas, duas crianças chamam a atenção de Isabel que decide prepará-las para batalhas ainda mais sangrentas. Serão elas a esperança para o fim daquela era de medo e destruição? A derradeira batalha está para começar, mas os inimigos, humanos e zumbis, também têm suas surpresas. Sejam bem-vindos a uma nova era de horror e violência. Esta é... a Era dos Mortos.

Onde comprar:

Ahhh eu estou ansiosíssima por esse livro!! E vocês? Não conhece a série? Então pode conferir a resenha dos 4 livros + livro de contos AQUI.





Colaboradores Ocasionais