4.15.2017

[Resenha] O Papai é Pop - Marcos Piangers

SINOPSEEntão, você vai ser pai. Você sabe que precisa comprar uma casa maior. Tem que ter mais espaço pra criança. Tem que ter mais um quarto no apartamento. Tem que ter um berço novo, não pode ser aquele que a vizinha se dispôs a emprestar. Então você sabe que tem que trocar de carro, com seis airbags, no mínimo, ar-condicionado de fábrica. O que o humorista Marcos Piangers descobriu ao ser pai jovem é que essas preocupações não fazem diferença nenhuma. O que vale mesmo não é pagar pela melhor creche, se você é o último a buscar seus filhos. Não é comprar os melhores brinquedos, porque as crianças gostam mesmo é das brincadeiras que não custam nada. No fundo, o que importa mesmo, como os textos divertidos e emocionantes de Papai é Pop mostram, é você estar com seus filhos, não pensando em outra coisa, mas estar lá. De verdade. 

RESENHA


Um livro diferente de tudo que você pode imaginar! Conheço o Marcos Piangers da Rádio Atlântida, mais especificamente do programa Pretinho Básico, muito famoso aqui no RS. E foi uma grande surpresa saber um pouco mais sobre a sua vida, especificamente sua relação com as filhas. 

Neste livro encontramos relatos de sua aventura como pai, e apesar de parecer estranho uma mulher se identificar com os relatos de um pai, não é.
"E Eu nasci. E minha mãe foi meu pai. E tenho certeza que não foi fácil para ela, mas aqui estou eu."

O Papai é Pop é uma coletânea de cronicas onde Marcos conta como é ter a sua própria família, e sobre a influencia que sua mãe, que o criou sozinha, teve em sua vida e como isso o fez pensar em como ser um pai melhor e um companheiro melhor.


Hoje em dia Marcos Piangers dá várias palestras  falando sobre assuntos relevantes sobre família trabalho redes sociais, e muito mais.

É um livro que recomendo para qualquer um, pais, mães, filhos porque ele fala de coisas que vivenciamos e acompanhamos todos os dias. É um exemplo para a vida, são textos curtos que deixam muito o que pensar.

Estou pagando para ver apresentações de final de ano. Estou pagando por desenhos feitos só com uma cor, onde apareço sem nariz. Estou pagando satisfeito por isso, preciso dizer. Estou pagando esta dinheirama para ser chamado de herói quando mato uma barata. Estou pagando essa pequena fortuna para pegar a bola que caiu no terreno do vizinho e ser aplaudido pelas pequenas. Estou pagando para saber tudo, sobre todas as coisas, e ter respostas para todas as perguntas. Estou pagando até barato por isso.
Estou pagando uma pechincha por abraços. Cada abraço de uma menina de três anos me economiza uma fortuna que eu gastaria com psiquiatras. Cada beijo de boa noite me alivia a conta do cardiologista. Cada "eu te amo" me afasta do hospital. É um achado o que estou pagando por tudo isso. Que sorte gigantesca ter achado essa barbada. Que promoção maravilhosa essa de ser pai.


FICHA TÉCNICA
Titulo Original: O Papai é Pop
Autor: Marcos Piangers
N° de Páginas: 112
Editora: Belas Letras
Onde Comprar: SubmarinoSaraivaCulturaAmericanasAmazon

MINHA NOTA





Um comentário:

  1. Já tinha ouvido falar desse livro e depois dessa resenha me interessei muito por ele ^^

    ResponderExcluir

Colaboradores Ocasionais