5.23.2017

[Resenha] O Papai é Pop 2

SINOPSE: O papai é pop está de volta! Marcos Piangers vai colocar você no banco de trás do carro, ao lado das filhas Anita e Aurora, para contar novas histórias - algumas comoventes, algumas divertidas e outras talvez um pouco nojentas - sobre essa coisa absolutamente comum e extraordinária que é ser pai.
Um sentimento que não se pode explicar, não se pode entender. Só se pode viver. Porque você não vai ter um filho para obter vantagens, descontos, deduções do imposto de renda ou balões de graça sempre que for ao shopping. Um filho vai esgotar suas economias e minguar suas noites de sono. Vai sujar suas camisas novas e desenhar em suas paredes.
Você vai ter um filho, na verdade, por um único motivo: para aprender a amar outra pessoa mais do que a você mesmo.


RESENHA

O Papai e Pop e uma coletânea de textos escritos pelo jornalista Marcos Piangers. 


Seguindo a mesma linha de o papai e pop, o primeiro livro lançado, o papai e pop 2 trás relatos sobre o dia a dia da família Piangers, e também fala sobre sentimentos, pressões e atos cotidianos que todos estão acostumados a viver.

Com elementos polêmicos sobre o que é "ser pai" ele vai exemplificando e contando a sua experiência, que é maravilhosa e amedrontadora ao mesmo tempo. 

"Pai que é pai troca fralda. Óbvio. Aborrecem-me essas pessoas que me perguntam: "Mas você é pai de verdade? Troca a fralda dos filhos e tudo?". Eu me sinto em 1955. Só de existir essa pergunta a gente já vê que está tudo errado. Trocar fralda e o básico. Acordar de madrugada e o básico. Dar comida de colher fazendo avião zinco e o básico. É o básico do básico. Do básico. " 

Marcos trás nessa edição uma visão um pouco mais profunda sobre o futuro, também fala em como é difícil aprender a ser pai. Nem tudo é uma maravilha. E ser perfeito não é o objetivo.

MINHA NOTA


FICHA TÉCNICA 
Titulo Original: O Papai é Pop 2
Autor: Marcos Pingers
N° de Páginas: 112
Editora: Belas Letras
Onde Comprar: Amazon
Livro cedido em parceria pela editora


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Colaboradores Ocasionais