6.29.2017

Entrevista com Bernadete Estanini

Olá, bookaholics!

Venho trazer para vocês um pouco mais sobre a nossa autora parceira Bernadete Estanini. 
Acompanhem a nossa entrevista abaixo!

Bernadete Estanini vive em São Paulo com o marido, dois filhos e uma poodle de nome Mel. Desde menina apaixonada pela leitura e escrita, sempre era indicada para concursos de redação, embora com uma imaginação não muito limitada e poucas linhas, na maioria das vezes os vencia e essa paixão adormecida reacendeu, dando forma a empolgantes histórias de amor.


Entrevista

P.B: Romance é um tema bastante amplo no mercado literário, muito utilizado por diversos autores. Como você encontrou inspiração para escrever sem cair no clichê?

B.E: Até acho que ele tem um pouco de clichê. Fazendo uma viagem com a família e já tentada a escrever, estávamos tomando o café da tarde em um restaurante, quando alguns policiais federais entraram. Aí... Pronto veio a inspiração. Naquela noite mesmo, comecei a imaginar como seria esse romance.

P.B: Falando em imaginar, em um primeiro momento você pensou em lançar em plataforma digital ou formato físico?

Físico, digital é uma excelente plataforma e tem o valor mais acessível. Mas, nesse caso desde o princípio imaginei o livro físico.

P.B: Mesmo na leitura nacional, livros ambientados no Brasil são "novos". Como foi para você escrever algo "dentro do Brasil"? E como foi a aceitação dos seus leitores?

B.E: Não encontrei dificuldades, parte dos lugares eu os conheço bem, o que facilitou bastante.Segundo os leitores o fato da história ser ambientada em São Paulo e algo natural.

P.B: Você poderia escolher um de seus personagens e comentar sobre ele?

B.E: Hum!!!! Gosto de vários. Escolho o Augusto.
Augusto é um homem com uma beleza indescritível, durão, se faz do tipo durão, ciumento, às vezes com um certo exagero. Mas, é um romântico incurável que se joga de cabeça em uma relação, e tudo o que buscou até então, era encontrar sua alma gêmea. Aquela pessoa que o completasse e dividisse as alegrias e tristezas com ele. Alguém para chamar de sua.

P.B: Vamos mudar um pouco o assunto. Que tipo de livros você lê por prazer?

B.E: Leio de tudo um pouco, meus preferidos são romances e thrillers. 

P.B: Você pode citar algum, ou alguns, de seus livros favoritos? 


B.E: Um thriller de prender a respiração Flores Partidas da talentosíssima Karin Slaughter e o Guardião de Nicholas Sparks.

P.B: Algum desses autores te influenciou na hora de escrever?


B.E: Nicholas Sparks, amo a maneira como ele escreve. E gosto muito também da escrita da Emily Giffin.

P.B: No livro "Misery - Louca Obsessão" de Stephen King, o escritor protagonista tinha o vício de fumar um cigarro, obrigatoriamente aceso com um fósforo, e beber uma taça de champanhe depois de terminar um livro. Você tem algum vício semelhante?

B.E: Escutar música no último volume do começo ao fim, adoro, me empolgo escrevendo ao som de determinadas músicas.

P.B: Utilizando a palavra "determinadas", você selecionou um grupo restrita de músicas. Normalmente, quais os gêneros musicais que te inspiram?

B.E: Adoro músicas eletrônicas. Mas dependendo da cena que deverá ser escrita, faço uma seleção de músicas românticas.

P.B: Você tem planos de escrever mais livros futuramente? Algo em mente, talvez?

B.E: Com certeza, ideias novas surgem o tempo todo. Neste momento estou trabalhando em um romance, que terá um pouco mais de drama e ação.
E tentada a escrever um thriller.

P.B: Você gostaria de deixar alguma mensagem para seus leitores?

B.E: Aos meus amados leitores, primeiramente quero agradecê-los por embarcarem comigo nessas histórias, embora um apenas tenha sido publicado, alguns leitores já leram outros, gosto muito de obter um feedback, seja ele positivo ou não, para melhorar cada vez mais, tudo na vida é um constante aprendizado. Por isso os agradeço de todo coração, pois se não fossem eles os leitores, minhas histórias continuariam apenas na minha imaginação.

--//--

Gostou da entrevista? Fica ligado que em breve teremos sorteio de um kit de livro + mimos!!

4 comentários:

  1. Obrigada amados, pelo carinho de sempre. Beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nós que agradecemos pela atenção e tempo dedicado, amada! Beijos <3

      Excluir
  2. Adorei conhecer mais sobre a autora. E realmente, essa questão de ter livros ambientados no Brasil é bem polêmica.

    ResponderExcluir
  3. Que amor <3 adoro entrvistas que nos deixam mais perto dos autores!

    ResponderExcluir

Colaboradores Ocasionais