7.29.2017

[Resenha] O Vale dos Mortos

SINOPSE: 2017... Uma profecia esquecida do Livro do Apocalipse, reiterada por outros profetas modernos, ressurge…

Cientistas descobrem um planeta vermelho em rota de colisão com a Terra. Depois de muito pânico nos quatro cantos do mundo, eles asseguram que o astro passaria a uma distância segura de nós. E todos ficam tranquilos acreditando que nada iria acontecer…
Então 2/3 de todas as pessoas no Planeta caem desmaiadas, vítimas de um estranho surto… "E abriu-se o poço do abismo, de onde saíram seres como gafanhotos com poderes de escorpiões. E os homens buscarão a morte e a morte fugirá deles.” Apocalipse 9,2-6.
E um grupo luta para sobreviver num mundo dominado pelo mal.
Com passagens por São Paulo, Brasília, Estados Unidos, China e França, "O Vale dos Mortos" baseia-se na profecia de que um planeta intruso ao sistema solar, ao raspar por nossa orbita, fatalmente desencadearia uma transformação de grande parte da humanidade, não havendo lugar seguro e ambientes sem infecção, pois ela ocorreria simplesmente pela aproximação do astro. Pegos de surpresa, e tentando entender o que acontecia enquanto buscavam se salvar, um casal e seus filhos iniciam uma jornada para restabelecer alguma condição de vida no que restou de seu próprio mundo.
Uma história com muita ação e suspense, que vai deixar você eletrizado.

RESENHA

Quem aí nunca assistiu um filme de zumbis? Difícil não ter assistido né? E se eu disser que tem uma coleção de livros sobre mortos-vivos  nacional que além de tudo é muito bem escrita? Então vamos a resenha de O Vale dos Mortos, o primeiro livro da série As Crônicas dos Mortos do autor Rodrigo de Oliveira.

Já a algum tempo este livro havia sido indicado por um amigo, mas eu não tinha tido a oportunidade de lê-lo, mas a querida Faro enviou um exemplar para analise e resenha e nada poderia ter me deixado mais feliz!

Tudo começa com a previsão de que um 'planeta' irá passar pela terra, após meses de terror com a possibilidade de o grande planeta 'Absinto' colidir com a terra e acabar com tudo eles descobrem que o planeta só irá passar e que todos ficarão bem.


"Algo que simplesmente não existia até aquela tarde de sábado, um personagem saído diretamente dos confins do inferno, nascido para uma vida maldita, naquele dia que seria lembrado geração após geração. O dia em que o reinado da raça humana chegara ao fim como espécie soberana na Terra, após milênios de dominação." 

A passagem deste planeta é o estopim de um surto. Pessoas caem aos milhares pelas ruas, por todos os lugares e quando elas acordam tem os olhos brancos, e estão desvairadas.

Temos pontos de vista de vários lugares do mundo, nos deparamos com a situação relatada por vários representantes de grandes potencias, inclusive temos uma cena que mostra Dilma Roussef e Lula, e a situação pelo mundo nos é descrita em detalhes, o autor quer que estejamos cientes que nem a maior das potencias consegue se organizar diante deste grande catástrofe.

O enredo deste livro se dá em São Paulo, em São José dos Campos, e temos ai um cenário muito bem detalhado sem deixar aquela sensação de descrição demais, bom pelo menos para mim que não conheço a cidade.

Os protagonistas são um casal, Ivan e Estela, que por um milagre permanecem vivos junto com seus dois filhos. Ivan tem alguma treinamento militar e junto com sua mulher consegue se salvar de vários perigos. Ao longo da trama eles vão se unindo a mais pessoas e começam a criar uma comunidade.

"- Eu te amo... - falou Estela, com o rosto colado ao tosto de Ivan.- Eu também te amo. Vamos sair daqui.Em seguida, eles saíram para o meio da praça, cada um puxando uma criança com uma das mãos e empunhando uma arma com a outra. A sorte estava lançada."

O Vale dos Mortos trata principalmente do esforço de sobrevivência, a meu ver esse foi o ponto principal da trama, apesar de estarem desolados por causa dos mortos vivos as pessoas tentam se unir para chegar a um modo de vida um tanto tranquilo.

Somente uma coisa não me agradou no livro, que foi o fato de em certo ponto eles ficarem convencidos de que estavam seguros. A profundidade do casal Ivan e Estela me impressionou bastante, a sintonia que eles tem como lideres de uma comunidade e ainda como casal é envolvente.

As cenas de ação são muito bem feitas, temos uma emoção pungente quando eles precisam enfrentar a turba de mortos vivos sempre cientes de que aquela pode ser a ultima batalha.

Em O Vale dos mortos temos o começo de uma nova era da humanidade, o esforço de viver em comunidade e o medo da própria comunidade, pois não é um apocalipse zumbi que vai mudar o caráter das pessoas, e esses personagens vão descobrir isso de forma brutal.

Temos em O Vale dos Mortos um prato cheio para os fãs de terror e zumbis e eu estou ansiosa para ler o próximo livro da série, A Batalha dos Mortos!


 
 MINHA NOTA


FICHA TÉCNICA 
Autor: Rodrigo de Oliveira
N° de Páginas: 304
EditoraFaro Editorial
Onde ComprarSubmarinoSaraivaAmericanasAmazon

Este livro foi uma cortesia da Faro Editorial


5 comentários:

  1. Hey
    Livros nessa temática nunca li, mas irei dá uma chance. Acho que esse livro estará na lista, achei muito interessante. Me chamou a atenção.
    Sua resenha está linda, assim como a foto.
    Abraço!
    Folha de Pólen

    ResponderExcluir
  2. SOCORRO! Que premissa incrível! Já quero! <3

    Abraços.
    Alex, do Um Bookaholic. <3

    umbookaholic.com | Canal | @umbookaholic: Twitter | Instagram

    ResponderExcluir
  3. Tenho medo de ler esse tipo de livro rsrs, você fez uma ótima resenha. Amei conhecer o blog, já estou seguindo :)

    http://submersa-em-palavras.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Eu nunca li livros assim Paty e deve ser incrível kkkk, eu li A Melodia Feroz que tem monstros e já fiquei com medinho imagina essa eu cagaria kkkkkkk, mas eu quero muito ler, deve ser uma experiencia incrível.

    Beijos


    https://sussurrandosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Olá, não tinha ouvido falar do livro, mas me despertou o interesse. Livros que envolvem sobrevivência e tudo mais, me chama a atenção.

    Beijos!

    ResponderExcluir

Colaboradores Ocasionais